Cansados de tantos assaltos, comerciantes do bairro Bacacheri, em Curitiba,farão um protesto a partir das 9h desta sexta-feira (7) pedindo maior proteção para a região. Eles dizem que precisam de mais policiamento e vão solicitar inclusive câmeras de segurança para aumentar a vigilância e inibir os ladrões.

Maria França, proprietária de uma loja de celulares, contou como foi o último assalto que sofreu durante esta semana. “Entraram dois homens armados, nos renderam e a gente se sente inseguro. Eles dizem que não vão fazer mal e nós temos que fazer tudo o que eles mandam”, falou Maria.

Estará presente no manifesto José Augusto Soavinski, vice-presidente do Uniconseg (União dos Conselhos Comunitários de Segurança do Paraná). Ele fez uma rápida avaliação da situação atual do Bacacheri. “Queremos um módulo policial que tínhamos aqui e não temos mais. Polícia aqui é só no Natal”, garantiu.

Soaviniski diz que o protesto será pacífico. “Vamos mostrar para as autoridades que o bairro Bacacheri existe e pede segurança. Estamos cansados de tanto assaltos e queremos polícia na rua. Polícia na rua ladrão respeita”, disse ele.

Assaltos

Os constantes assaltos no bairro Bacacheri viraram notícia nos últimos dias. No início da semana, bandidos armados entraram na panificadora do vereador Alladim e levaram como refém um homem que estava na frente do estabelecimento. Esta vítima foi liberada depois de passar quase doze horas com os marginais, que até o momento não foram localizados.