Da SMCS

Oil Man, o ciclista que nos últimos anos virou um dos personagens mais conhecidos de Curitiba, participa da campanha Doe Calor 2014, que arrecada roupas, agasalhos e cobertores para serem repassados à população em situação de vulnerabilidade social. A campanha de inverno de Curitiba foi oficialmente lançada nesta terça-feira (20), durante um café da manhã, com a participação do prefeito Gustavo Fruet e outras autoridades.

Assim como outros cidadãos curitibanos, o Oil Man, que costuma pedalar pelas ruas da cidade usando apenas sunga, com o corpo coberto de óleo, aparece nas peças publicitárias doando agasalhos que ele “não usa mais”. A campanha reforça a participação da população, incentivando a se desfazer das peças que estão há mais de um ano sem serem utilizadas.

OILMAN

OilMan é a estrela da campanha (Foto: Divulgação SMCS)

“A cidade de Curitiba é referência em muitas áreas, mas com a participação e mobilização de toda sociedade civil e do poder público, também podemos ser uma grande referência na solidariedade, como a capital que mais ajuda a parcela mais necessitada da população”, disse Fruet.

Promovida pela Fundação de Ação Social (FAS) e pelo Instituto Pró-Cidadania (IPCC), a campanha Doe Calor tem novas peças publicitárias este ano, mantendo o objetivo de promover a solidariedade.

“Ano passado tivemos um dos invernos mais rigorosos da cidade e graças à mobilização da população e ao trabalho de entrega dos donativos, não perdemos ninguém para o frio curitibano. Neste ano, esse continua sendo o nosso maior objetivo”, disse a presidente da FAS, Marcia Oleskovicz Fruet.

Além das doações da população, o IPCC fez a compra de 60 mil cobertores novos e 20 mil agasalhos com capuz, que começam ser distribuídos ainda esta semana. “Os atendimentos serão diários e a equipe esta preparada para eventuais atendimentos emergenciais”, explicou a presidente do IPCC, Francisca Cury.

Operação inverno

Paralelamente ao trabalho da Doe Calor, as equipes da FAS também se preparam para intensificar os trabalhos do Resgate Social e acolhimento das pessoas em situação de rua nos dias mais frios.

Nestas ocasiões, as equipes que vão para a rua fazer o trabalho de sensibilização serão maiores e já existe o preparo o acolhimento nos abrigos oficiais e nos conveniados.

“Além disso, caso haja a necessidade da abertura de vagas em abrigos emergenciais, estamos trabalhando em parcerias. Também contamos com o apoio da população, para que através do número 156 comuniquem qualquer situação em que seja identificado risco à vida”, disse Marcia Oleskovicz Fruet.

Como ajudar

Existem várias maneiras de participar da Doe Calor. Empresas e pequenos negócios podem se tornar postos de coleta de donativos, bem como fazer a aquisição de cotas corporativas, pelas quais os recursos são integralmente utilizados na compra de cobertores novos. Separe (e incentive seus familiares e amigos) aquelas peças de roupas que estão há mais de um ano sem serem utilizadas. Para mais informações ligue 3350-3514.