Por Elizangela Jubanski e Luiz Henrique de Oliveira

caesdentro1

Cães ainda estão no local aguardando mandado de busca. Foto: SMCS

Os animais que foram encontrados em um canil irregular, na tarde desta segunda-feira (23), no bairro Boa Vista, em Curitiba, ainda não têm destino certo. Eles estavam sofrendo maus tratos e uma denúncia levou a Rede de Proteção Animal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente até este local. Lá, foram encontrados 119 cães de onze raças, dos quais 58 filhotes, em situação precária de alojamento e sem acompanhamento de um responsável técnico. Muitos curitibanos querem saber o que vai acontecer com os cães e se poderão adotá-los.

Sobre isso, o diretor do Departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna, da Secretaria de Meio Ambiente, Alexander Biondo, disse que o objetivo é que não aconteça um fiel depositário e, sim, uma adoção direta. “Até meia-noite ficamos esperando o mandado de apreensão para retirarmos os animais daquele local, mas ele não aconteceu. O proprietário pode entrar com essa ação de fiel depositário, esse sistema é burocrático e pode impedir que os cães sejam adotados porque judicialmente esse dono pode os reaver”, alerta.

No local foram encontrados filhotes de diversas raças, como Lhasa Apso, Shitzu, Yorkshire, Pug, Beagle entre outros, além de rotweillers adultos. O estabelecimento tem alvará para funcionar apenas como petshop.

Os cães foram encontrados em situação deplorável, de acordo com o Biondo. “Em Curitiba, capital da sustentabilidade e do amor aos animais, nunca imaginei ver uma cena assim como eu vi”. Cachorras manchadas de sangue com filhotes recém-nascidos espalhados pelo chão, falta de ração e higiene. Ainda foram encontrados animais com tumor nos olhos, desnutridos, em local sem condições de higiene e sem acompanhamento de um médico veterinário.

Agora, o próximo passo é aguardar a decisão dos mandados de busca para que os animais sejam retirados de lá. “Se tudo der certo, levamos os cães, fazemos a microchipagem e os colocamos para doação imediatamente”, disse o diretor que afirmou que Curitiba é uma das capitais que mais se adota cães.

Questionado sobre a grande procura pela adoção destes cães pelo fato deles serem de raça, o biológico não polemizou. “Isto de fato acontece em contrapartida aos vira-latas, mas o importante é que eles encontrem um lar. O que devemos salientar é que independente disto Curitiba é um dos locais em que mais se adota cães”, contemporizou.

Notícias relacionadas

Cães de raça mantidos em situação precária em Pet Shop de fachada são recolhidos pela Prefeitura