Por Marina Sequinel e Djalma Malaquias

O Corpo de Bombeiros de Santa Catarina continua as buscas pelos dois primos que desapareceram no mar da Praia do Sonho, em Palhoça, no último domingo (11). Jordan Palma, de 21 anos, e Matheus Guilherme Machado da Costa, de 16, se perderam na correnteza ao tentar buscar uma bola que caiu na água.

Matheus morava em Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, e tinha ido passar o feriado de Nossa Senhora Aparecida com o primo no litoral catarinense. “As duas famílias foram lamentavelmente destruídas. O pai do adolescente me procurou desesperado para tentar agilizar as buscas por parte dos bombeiros. Eles só querem encontrar os corpos”, relatou o vereador de Pinhais, Ari Valdir, em entrevista à Banda B neste sábado (17).

De acordo com ele, as famílias têm medo que as autoridades encerrem as buscas sem encontrar as vítimas de afogamento. “Já faz uma semana que eles pedem respostas e até agora não houve sucesso. Eles só querem que os meninos descansem em paz”, completou o vereador.

Em entrevista ao Notícias do Dia, o tenente Gabriel Barreto, que está no comando dos trabalhos neste sábado, afirmou que é possível que os cadáveres sejam encontrados ainda hoje ou nos próximos dias. “Continuamos com as buscas, mas existe a possibilidade até de um morador avistar os corpos no mar”, disse.