Agência Brasil

desabamento sp

Sétimo corpo foi resgatado/ Foto: Abr

O Corpo de Bombeiros confirmou no início da noite desta terça-feira (27) a sétima morte no desabamento de um prédio que estava em construção na Avenida Mateo Bei, no bairro de São Mateus, na zona leste de São Paulo. O número oficial de feridos subiu para 26.

“Tivemos 24 vítimas que foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e mais duas já tinham sido socorridas por populares. Essa informação veio agora, na hora em que batemos as listas do proprietário com a que temos aqui no socorro. Cinco vítimas foram retiradas em óbito, infelizmente, e já localizamos mais dois mortos que vão demorar pelo menos duas horas para que sejam retirados e ainda há grande indício de outras vítimas em determinado local. Não temos informação ou indício de que existem pessoas com vida na estrutura, mas isso não quer dizer que não existam”, diz o capitão do Corpo de Bombeiros Marcos Palumbo.

Segundo Palumbo, o trabalho por busca de desaparecidos continua. “Os bombeiros não vão sair daqui até que se localizem todas as vítimas e não vamos usar qualquer tipo de maquinário antes de termos indícios suficientes de que não há ninguém lá embaixo”.

Quinze pessoas estão desabrigadas após o desabamento do prédio. Segundo José Koki Kato, coordenador executivo da Defesa Civil de São Paulo, quatro residências e duas casas comerciais foram interditadas. “Essas 15 pessoas, felizmente, não foram atingidas e estão na casa de parentes e amigos”. Segundo ele, elas já foram cadastradas pela prefeitura.