Por Denise Mello e Geovane Barreiro

Um boato de que um tubarão teria atacado um banhista no Balneário de Monções, em Pontal do Paraná, hoje por volta das 10 horas, se espalhou feito um rastilho de pólvora. Vários moradores ligaram para a Rádio Banda B contando sobre o suposto ataque. Segundo as primeiras informações, um banhista estava na areia com a perna ensanguentada, logo após ter sido mordido pelo animal.

“Meu tio viu o ataque. O homem saiu sangrando e gritando do mar com a perna machucada”, revelou uma internauta pelo facebook do Portal Banda B.

Tudo não passou de um boato, motivado por um mal entendido.

De acordo com o soldado Rafael Padovani, do Corpo de Bombeiros de Pontal do Paraná, os socorristas foram acionados às 10h14 para atender um homem ferido na praia. Eles foram acionados por um casal que viu o banhista de 41 anos se afogando e ajudou a socorrê-lo. Chegando lá viram que não se tratava de nenhum ataque. “O homem estava na água e começou a sangrar porque tinha um ferimento na virilha já adquirido. O que deve ter acontecido é que muita gente viu o socorro com o homem sangrando e associou com um ataque de tubarão, mas não teve ataque nenhum”, informou.

O banhista foi encaminhado ao Pronto Socorro de Praia de Leste e passa bem. Não tinha tubarão nenhum, apesar de muitos dizerem que chegaram a ver o ataque.

O cabo Cavalcante, que fez o atendimento, disse que, num primeiro momento, também imaginou que se tratava do ataque de um tubarão. “O homem tinha um ferimento grande na virilha. Cheguei a pensar no ataque, mas logo vimos que era um ferimento pré-existente”, esclareceu.