Na primeira noite de fiscalização nas casas noturnas, bares e restaurantes em Curitiba dois andares de um bar no Batel foram lacrados na noite desta quinta-feira (31). O bar ‘Aos Democratas’, que fica na rua Dr. Pedrosa, não tinha escada pressurizada – escada de incêndio – e por isso, teve o 2° e o 3° andar lacrados pelo Corpo de Bombeiros. Outros dois bares também receberam a visita de equipes de fiscalização. CuritibanoCafé Bar e Class Night Club também tiveram problemas e tiveram partes dos estabelecimento lacrado. Um não tinha documento do alvará e o outro dalicença sanitária.

O Boteco Santi que fica na Avenida Batel, também está na lista daqueles que foram checados na noite, no entanto, nenhuma irregularidade foi apontada pelos profissionais.

A tragédia que aconteceu em Santa Maria (RS) disparou um sinal de alerta aos órgãos fiscalizadores, o que desencadeou a ação. O major Vianei, comandante da Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), informou quais seriam as prioridades e os procedimentos durante a operação prevista para fiscalizar onze locais. “Serão checados o alvará de localização e funcionamento, a parte preventiva de incêndio, sinalização, extintor de incêndio, porta de emergência, porta anti-pânico, área sanitária, ventilação, higiene, temperatura adequada e níveis de pressão sonora”, descreveu.

O comandante geral do Corpo de Bombeiros do Paraná, o coronel Luiz Henrique Pombo, participou diretamente das fiscalizações e depois da primeira visita, Bairro Batel, falou sobre a recepção das equipes. “Os proprietários nos receberam muito bem, foram solícitos, tranquilos. Não houve manifestação da população, a gente procurou agir discretamente e dentro de uma normalidade”, explicou. O resultado final da operação deve ser divulgado ainda durante a manhã de hoje (1º).

A ação foi comandada pela Polícia Militar (PM), Polícia Civil, a Ação Integrada de Fiscalização Urbana (AIFU), Prefeitura Municipal de Curitiba – Guarda Municipal, Secretaria Municipal de Urbanismo e do Meio Ambiente e Vigilância Sanitária – e o Corpo de Bombeiros.