Da Redação

bardoalemao

Foto: Divulgação

O Bar do Alemão se pronunciou na tarde desta segunda-feira (5) sobre o suposto caso de assédio que terminou com uma cliente e o namorado agredidos, durante a noite do último sábado (3), no Largo da Ordem, em Curitiba. A nota publicada no Facebook descreve imagens das câmeras de segurança e lamenta o ocorrido.

De acordo com o bar, as imagens mostram quer um ‘tropeço’ iniciou a confusão, mas que o vídeo não deixa claro os diálogos entre os envolvidos.

“As imagens nos mostram uma mulher em direção a saída do estabelecimento, juntamente com um homem e sua amiga que ao passarem em frente ao caixa, local próximo a saída dos banheiros, vemos um homem saindo do banheiro e segue a mesma direção deles e tropeça na reclamante do caso, após tropeçar o homem levanta as duas mãos, como se pedisse desculpas – não temos como saber se houve algum diálogo. O homem também caminha na mesma direção deles, já que a mesa em que estava sentado (número 29) ficava próxima a porta do bar. Ao se aproximarem da mesa, vemos os 04 conversando e o homem que tropeçou levanta as duas mãos novamente, como se pedisse desculpas – não temos como saber o que foi dito entre as partes nesse período. Em seguida um garçom se aproxima para conversar com eles e os três se direcionam a saída do bar, e homem que tropeçou segue na direção da saída (mesmo caminho tomado por seus amigos poucos minutos antes, que se dirigiram à área externa do bar). Logo que eles passam a porta do bar, onde estava localizado um segurança da casa, é possível ver uma confusão generalizada, na qual o segurança tenta apartar a briga. Em seguida, de acordo com relatos, ocorre a chegada do gerente do bar que orientou aos litigantes que cessassem a desavença, orientando que a parte envolvida que ainda não havia realizado o pagamento a fazê-lo e a se retirar do bar (o pagamento da conta foi feito 22h20, 12 minutos após o inicio da confusão, não permanecendo mais no bar), ao mesmo tempo em que orientou a parte que se dizia ofendida a chamar a polícia para que pudesse registrar a sua queixa”, descreve a nota.

O caso foi denunciado por uma estudante universitária de 20 anos nas redes sociais. Segundo a jovem, ela saía do local com uma amiga e o namorado, por volta das 22h, quando um homem chegou por trás, tentando assediá-la. “Eu olhei para ele, junto com quem estava comigo, e perguntei: ‘O que foi?”. Então segui em frente para não arrumar confusão. Só que, de repente, esse homem agarrou o meu namorado pelo pescoço e começou a agredi-lo. Eu fui separar os dois e ele me deu um soco no rosto. Ainda me xingou de tudo quanto é nome. Para me defender, acabei quebrando um guarda-chuva nele”, contou a estudante, que preferiu não se identificar, em entrevista à Banda B.

O Bar do Alemão ainda lamentou o caso. Leia a nota na íntegra abaixo:

Notícia Relacionada: