Por Luiz Henrique de Oliveira

Um arrombamento à residência no bairro Novo Mundo, em Curitiba, deixou uma família com um sentimento de tristeza. Os marginais invadiram o local, na tarde de ontem, levaram todos os eletrônicos e não deixaram nem o cachorro da família, uma Pug de nome Belinha. “Por que não a deixaram pelo menos?”, questionou Jessica Sabadin.

belinhadentro

Família quer a Belinha de volta (Foto: Arquivo Pessoal)

Jéssica é dona de Belinha há quatro meses e tem um carinho imenso por ela, a xodó da família. “Eles fizeram a limpa, mas nem quero falar sobre o resto, só quero ajuda para encontrar a Belinha. Quem tiver qualquer informação pode nos ligar no 190 da Polícia Militar (PM)”, pediu a vítima do arrombamento, que é um dos crimes mais frequentes da capital.

A moradora do bairro Novo Mundo também aproveitou para pedir mais segurança. “Poderia ter mais policiamento nas ruas. Parece que estamos a mercê deste tipo de gente. As pessoas trabalham para sustentar marginais?”, questionou.

A investigação do caso fica a cargo da Delegacia de Furtos e Roubos de Curitiba. O telefone da especializada é o 3218-6100.