Da Redação

Bandidos armados invadiram um ônibus da linha Rurbana e ‘limparam’ passageiros e o cobrador, no bairro Tatuquara, em Curitiba. De acordo com relato de testemunha à Banda B nesta segunda-feira (20), o arrastão aconteceu no último sábado (18) na Estrada Delegado Bruno de Almeida e a rota chegou a ser desviada pelos bandidos durante a ação.

Foto: Urbs

“Ambos se passaram por passageiros e deram sinal para o ônibus. Assim que o motorista abriu a porta, deram a voz de assalto. Neste período impediram que o ônibus parasse nos pontos e obrigaram o motorista a mudar a rota”, explicou uma das vítimas à Banda B.

A ação criminosa começou na Estrada Delegado Bruno de Almeida, mas seguiu até o residencial Vila Mariana.

Um dos assaltantes estava com uma arma de fogo e o outro, aparentando ser adolescente, com uma arma de choque.

Patrulha do Transporte Coletivo

No início do mês, a prefeitura lançou a Patrulha do Transporte Coletivo. São dez viaturas e 20 guardas municipais que monitoram as principais e mais movimentadas linhas de ônibus do transporte coletivo, os terminais e as estações-tubos. O secretário da Defesa Social e Trânsito, Algacir Mikalovski, explicou que o maior objetivo é trazer segurança aos passageiros de ônibus na ida e volta do trabalho e da escola. “Temos que preservar os bens públicos municipais e a população, não podemos permitir vandalismo, furtos e assaltos dentro do sistema de transporte”, disse.

A nova patrulha também atua nas linhas que apresentam as maiores ocorrências atendidas Guarda Municipal. Em 2016, foram registrados 2.656 casos pela Guarda Municipal, que vão desde assédio, furtos, invasões (fura-catraca), e principalmente roubos, que somam 54% do total das estatísticas.

A Guarda Municipal atende as ocorrências e queixas pelo telefone 153.