Um casal foi preso em flagrante no final da tarde deste sábado (13) com tintas, sprays e uma escada ao lado da Delegacia de Homicídios (DH), na rua Francisco Torres, no Centro de Curitiba. Ele disse que é bancário e ela informou aos policiais que tinha acabado de concluir o ensino superior. O nome deles não foi divulgado pela Polícia Civil.

Por volta das 18h30, policiais civis da DH viram a ação ousada ao lado da delegacia. O casal se ajeitava para começar um ‘trabalho’ de pichação com todos os aparatos à mostra. A polícia abordou o casal que alegou ter permissão para pichar o muro. “Que autorização que nada. Pichação é crime e é nosso dever, assim como o da Guarda Municipal que tem feito um belo trabalho, inibir estas ações”, disse o delegado Rubens Recalcatti da Homicídios.

Os dois foram levados à delegacia do Meio Ambiente e ao Juizado Especial Criminal onde foram autuados em flagrante por crime ambiental, previsto no artigo 65. Eles terão de pagar multa administrativa de R$ 714,20, e ficarão impedidos de participar de concurso público municipal pelo período de dois anos.