Por Marina Sequinel e Danaê Bubalo

(Fotos: Danaê Bubalo – Banda B)

Um avião comercial de pequeno porte caiu na esquina da Rua Nicarágua com a Álvaro Botelho, em Curitiba, na tarde deste sábado (30), ao lado do Aeroporto Bacacheri. Segundo informações da Força Aérea Brasileira (FAB), o monomotor Cessna 177 Cardinal apresentou um problema mecânico e, logo depois de decolar, tentou fazer um pouso de emergência, mas não conseguiu.

“Nós ainda não sabemos a origem do problema, apenas que o piloto não entrou em contato com a torre para informar o que estava acontecendo, provavelmente porque acreditou que poderia realizar o pouso. E foi tudo muito rápido”, explicou o tenente-coronel  Santos, da FAB, em entrevista à Banda B. Segundo testemunhas, o monomotor, que seguia para Londrina, foi caindo aos poucos e chegou a atingir uma árvore, um carro e um poste antes de cair. Ao bater em uma casa, com o impacto, acabou explodindo. As moradoras da residência não ficaram feridas.

De acordo com o plano de voo do Cessna, quatro pessoas estariam na aeronave. O piloto e o auxiliar morreram, enquanto um passageiro foi encaminhado de helicóptero para o Hospital Evangélico em estado gravíssimo, com risco de morte. O quarto e último tripulante sofreu apenas machucados leves e foi levado para o Hospital do Trabalhador.

O tenente-coronel não divulgou o nome das vítimas para preservar as famílias. A Rua Nicarágua está bloqueada. O Corpo de Bombeiros está trabalhando para apagar o rescaldo do incêndio provocado pela explosão, junto com a polícias Federal (PF) e Rodoviária Federal (PRF).

Vídeo

Confira o momento em que os bombeiros retiram a asa do avião de dentro da casa no vídeo abaixo:

(Vídeo: Danaê Bubalo – Banda B)

Notícia relacionada

“Ouvi um estrondo e me deparei com parte de um avião na minha sala”, diz moradora após tragédia