Por Felipe Ribeiro

Júnior, a tartaruga fujona que havia desaparecido do bairro Jardim Social, em Curitiba, no último dia 13 finalmente voltou para casa. Foram doze dias de aflição para uma idosa de 90 anos, que cuida no animal como um filho. Mas após grande repercussão nos meios de comunicação e nas redes sociais, a história teve um final feliz neste sábado (25). Mimada, a tartaruga já até almoçou camarão.

tartarugafujonaFoto: Arquivo familiar

De acordo com o filho desta idosa, Vilmar Polati, o próprio motoboy que resgatou a tartaruga a levou hoje para casa. “Na hora que ele pegou a tartaruga, ele nem imaginou em procurar o dono, mas hoje ele me ligou e dez minutos depois já estávamos com ela. É curioso pensar que como oferecemos uma recompensa, nesses últimos dois dias recebi umas quinze fotos por Whatsapp de tartarugas, é impressionante como esses animais fogem em Curitiba”, comentou.

A notícia do desaparecimento da tartaruga ganhou repercussão na última quinta-feira, após um post no Facebook anunciando uma recompensa de R$ 2 mil para quem tivesse informações sobre Junior.

Câmeras de segurança do local mostraram o momento em que o animal saiu pela porta da frente para a Rua Raphael Papa. O animal foi parar no meio da rua, onde acabou sendo resgatado pelo um motoboy por volta das 17h. Doze dias depois, uma família de Curitiba voltou a ser um pouco mais feliz.

Notícia Relacionada:

Tartaruga consegue fugir de casa e família oferece R$ 2 mil de recompensa