Por Elizangela Jubanski e Juliano Cunha

mae

Mãe teve ferimentos no peito e foi socorrida ao hospital. Foto: JC/Banda B

Uma brincadeira irresponsável com um projétil de uma arma de fogo deixou uma mulher de 42 anos ferida na noite desta quarta-feira (14), no bairro Tatuquara, em Curitiba. O filho dela, de 19 anos, encontrou a bala no chão e resolveu esquentá-la no fogão de casa para ver o que iria acontecer. A mãe do rapaz foi quem levou a pior. O projétil estourou e acabou ferindo a mulher no peito.

O caso aconteceu na rua Romário Alberto, nas Moradias Rio Bonito, por volta das 20 horas. A Polícia Militar (PM) foi acionada, assim como o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) para socorrer a mulher. Em entrevista à Banda B, cabo Kanarski, contou as ações do garoto que resultaram no ferimento da mãe.

“É uma história bem atípica, mesmo. Ele queria saber o que ia acontecer se o projétil esquentasse e, pior, estourou e atingiu a própria mãe dele. A gente não sabe se foi o projétil em si ou se foram fragmentos que atingiram a mulher, mas se penetrasse poderia ter levado até a óbito porque foi bem no peito, ficou um pouco alojado. A princípio não atingiu nenhum órgão vital porque ela estava consciente, respirando, só reclamando que estava sendo muita queimação”, contou o cabo.

Ainda, segundo o cabo, o filho ficou bastante nervoso com o ferimento da mãe. “Ele andava de um lado para o outro, só ficou mais calmo quando a colocamos na ambulância e dissemos que estava bem e não corria risco”, finalizou o cabo.

A Polícia Militar (PM) esteve no local e o jovem afirmou que encontrou o projétil na rua o colocou no bolso para levar para casa. A mãe também confirmou a versão do filho, que foi liberado. A vítima foi levada ao Hospital do Trabalhador e não corre riscos graves.