Da Redação com O Popular do Paraná

(Foto: O Popular do PR)

A Justiça determinou, na tarde desta segunda-feira (26), que a empresa Tindiquera, de Araucária, na região metropolitana de Curitiba, coloque os ônibus de volta em circulação imediatamente. A informação foi divulgada pelo jornal O Popular do Paraná. Porém, na manhã desta terça-feira (27), todas as linhas da empresa continuam sem operação.

Desde sábado (24), os motoristas e cobradores da viação estão em greve por não terem recebido o vale salarial e a segunda parcela do 13º. A decisão pela volta, tomada pelo juiz Sergio Bernardinetti, foi concedida em liminar solicitada pela Companhia Municipal de Transporte Coletivo (CMTC) do município.

Na ação, o magistrado determinou que a Tindiquera restabeleça o transporte com base na previsão legal de que o transporte coletivo é um serviço público essencial que não pode ser descontinuado. O magistrado ainda estipulou multa de R$ 50 mil por dia caso a empresa não cumpra a decisão. A sanção passa a valer a partir da intimação da empresa, o que teria ocorrido na noite de ontem (26). A empresa e os trabalhadores ainda não se manifestaram sobre a decisão de não cumprir a determinação judicial.

Notícia relacionada