O secretário do Esporte do Paraná, Evandro Roman, visitou nesta quinta-feira (18), primeiro dia de disputas dos X Games, os locais de provas da maior competição mundial de esportes radicais, que acontece até domingo (21), em Foz do Iguaçu. Roman acompanhou de perto alguns treinos e provas e elogiou a estrutura do evento, que deve receber um público de 60 mil pessoas até domingo. A competição é transmitida pelo canal norte-americano de esportes ESPN para mais de 800 milhões de pessoas de 200 países.

“A estrutura montada para os X Games em Foz do Iguaçu é fantástica. Aqui observamos o quanto os esportes radicais estão valorizados. O skate por exemplo, recebe grande incentivo da Secretaria do Esporte. A modalidade faz parte agora dos Jogos Escolares do Paraná e dos Jogos da Juventude”, comentou Roman.

O secretário da Segurança Pública, Cid Vasques, também está em Foz do Iguaçu para acompanhar as ações desenvolvidas durante os X Games. Mais de 200 policiais civis e militares estão atuando para garantir a segurança durante o evento. “Contamos com um efetivo de 142 policiais militares, mais 80 policiais civis e 65 viaturas”, disse.

Vasques reforça que a estrutura fornecida ao X Games servirá como treinamento para eventos de grande porte que serão realizados no Estado. “Evidentemente, esta é uma experiência que pode ser utilizada nos grandes eventos que vão acontecer no Estado, como a Copa do Mundo 2014. A segurança pública como um todo está engajada nessa competição que acontece em Foz do Iguaçu e que projeta o nome da cidade e do Paraná para o mundo”, comenta.

O secretário da Segurança Pública destaca que foi fornecida toda a estrutura de segurança necessária para que a competição aconteça com tranquilidade. Para a realização das competições de esportes radicais e shows, a polícia está fazendo o isolamento de locais e patrulhamento preventivo na cidade.

O evento também conta com um comando da Polícia Militar e a estrutura da Delegacia Móvel de Futebol e Eventos (Demafe) dentro do centro de competições. “O posto montado no local do evento é importante para a triagem de ocorrências. Nossos policiais também contam com domínio de língua estrangeira para orientar as pessoas com informações”, afirmou o tenente-coronel Geraldo Moliani, do 5o Comando Regional de Foz do Iguaçu.

Também foram acionadas equipes do Grupamento Aeropolicial e Resgate Aéreo (Graer), do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), do Batalhão de Polícia de Fronteira (BPFron), do Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre), e do Centro de Operações Policiais Especiais (Cope), para reforçar o policiamento.

De acordo com o responsável pela Delegacia de Foz do Iguaçu, o delegado Rogério Lopes, a Polícia Civil atua de modo determinante durante toda a realização dos X Games. “Estamos participando desde as primeiras reuniões referentes à segurança e temos todo o atendimento necessário para que o evento transcorra normalmente”, apontou.

COMPETIÇÃO – Muita adrenalina no primeiro dia de disputas dos X Games. Nesta quinta-feira (18) foram os atletas do Street League (street skate), do enduro X masculino e feminino e do skate Big Air que se apresentaram para o público presente no Parque Infraero, em Foz do Iguaçu.

No street skate grandes nomes participaram das disputas da fase eliminatória, entre eles os brasileiros Lucas Xaparral, Kelvin Hoefler, Danilo do Rosário, Danilo Cerezini e Rodolfo Ramos – da lista de convidados do Brasil – além de Felipe Gustavo, indicado pela própria entidade. Todos se apresentaram nas eliminatórias e apenas o brasileiro Luan de Oliveira garantiu a presença na final, nesta sexta-feira (19), a partir das 15 horas.

O Enduro X foi uma novidade no Brasil. Criado no inicio dos anos 2000 em Barcelona, a modalidade é uma junção de motocross, supercross e trial, capaz de proporcionar momentos incríveis e disputas surpreendentes. Em Foz do Iguaçu as competições aconteceram nos naipes masculino e feminino e juntaram os melhores atletas da modalidade do mundo.

No primeiro dia de disputas, aconteceu um dos momentos mais aguardados dos X Games, o Skate Big Air, a popular megarampa. A prova já valia o primeiro X de ouro da competição e contou com grandes nomes, como Tom Schaar, Rony Gomes, e Bob Burnquist, um dos ícones da modalidade.

A prova do Big Air, que seria às 21h, foi transferida para às 18h30, em função do clima da região e para garantir a segurança das participantes, mas não deixou de proporcionar fortes emoções. Não faltaram grandes saltos e manobras, que impressionaram o público, com demonstrações de muita pericia nas apresentações. O encerramento ficou por conta do criador da modalidade, o brasileiro Bob Burnquist, que conquistou mais um X de ouro para sua coleção. Desta vez, ele surpreendeu com uma manobra inédita, um frontside 720 cork. Ou seja, ele deu duas voltas completas e mais um giro fora do eixo.

X GAMES – O evento de esportes radicais começou na quinta-feira (18) e acontece até domingo (21), em Foz do Iguaçu. Participarão das competições cerca de 200 atletas de Skate, Bicicross (BMX), Rally e Motocross. Ao todo, o evento premiará os participantes vencedores com R$ 3,4 milhões, que serão divididos entre os três primeiros lugares de cada categoria. O X Games foi criado em 1995, nos Estados Unidos, e esta é a primeira vez que é realizado em uma cidade brasileira.

Foz do Iguaçu foi escolhida para ser a cidade-sede do evento na fase final, concorrendo com as cidades de Barcelona, Munique, Cancun, Santiago e Rio de Janeiro, entre outras. As competições ocorrem no Parque Nacional do Iguaçu e no Parque Infraero.

A cobertura completa do evento pode ser acompanhada no site oficial dos X-Games (xgames.espn.go.com/pt-BR/).