Por Felipe Ribeiro e Juliano Cunha

Foto: Juliano Cunha - Banda B

Foto: Juliano Cunha – Banda B

Apesar da vitória conquistada na tarde desta quinta-feira (12), que foi a retirada do “pacotaço” de votação na Assembleia Legislativa, professores e funcionários das escolas públicas do Paraná decidiram manter a greve. De acordo com a secretaria de finanças da APP-Sindicato, Marlei Fernandes, são vários outros pontos da pauta que precisam voltar para a negociação e eles esperam conversar com o Governo do Estado já amanhã.

“Permaneceremos acampados até que sejamos todos atendidos. Apenas os pagamentos atrasados, o terço de férias, a nossa hora-atividade podem encerrar a greve. Hoje as escolas estaduais não tem a menor condição de ter aula”, afirmou.

Segundo nota divulgada no site da APP Sindicato, não houve negociação de nenhum outro ponto da pauta da greve até o momento. “Estamos em uma greve forte e ficaremos, no Carnaval, no acampamento em frente ao Palácio Iguaçu”, informou o presidente da APP, professor Hermes Leão.

Apreensão

De acordo com Marlei, a tarde deste 12 de fevereiro foi de muita apreensão, mas a manifestação mostrou a força de todo o funcionalismo do estado. “Estamos todo muito emocionados e felizes, porque a nossa luta é justa e tivemos uma grande vitória”, concluiu.