Da PRF

PRF

(Foto: Divulgação PRF)

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou na manhã desta terça-feira (13) o balanço da Operação Aparecida 2015 no Paraná. Três pessoas morreram em quatro dias de operação, que começou na sexta-feira (9) e terminou ontem (12). Outras 126 ficaram feridas. As equipes da PRF atenderam 147 acidentes. Chuvas atingiram todas as regiões do estado ao longo desses quatro dias.

Na mesma operação do ano passado, oito pessoas haviam morrido nas rodovias federais do estado. Na ocasião, houve 222 acidentes e 166 feridos. Houve, portanto, uma queda de 62,5% no número de mortes registradas no feriado prolongado deste ano. Em quatro dias, a PRF flagrou 58 motoristas dirigindo sob efeito de bebidas alcoólicas no Paraná. Dez deles, além de multados, também foram presos em flagrante por embriaguez.

Mais de 2,7 mil motoristas tiveram imagens das placas de seus veículos capturadas por radares móveis operados por policiais nas rodovias federais paranaenses. Outros 349 foram multados por ultrapassagens irregulares. E 28 transportavam crianças sem os equipamentos de retenção obrigatórios –bebê-conforto, cadeirinha ou assento de elevação, conforme a idade.

Duas das três mortes foram registradas na madrugada de domingo (11) de Quitandinha, na região metropolitana de Curitiba. Um automóvel colidiu frontalmente contra um caminhão, em uma curva na BR 116. Os mortos eram passageiros do carro, cujo motorista, gravemente ferido, teria sinais de embriaguez, conforme os socorristas que o encaminharam ao hospital.

A terceira morte ocorreu também no domingo, no final da tarde, em Jandaia do Sul, região norte do estado. Um automóvel saiu de pista e capotou em uma curva da BR 369. A pista estava molhada em ambos os acidentes.