Do Tnonline

Com a presença de representantes de diversos órgãos de imprensa de Apucarana e região, a delegada-adjunta da 17ª Subdivisão Policial (SDP), Iane Cardoso do Nascimento, apresentou no final da manhã desta terça-feira (10) dois adolescentes de 17 anos apreendidos em Cambira sob a acusação de envolvimento em estupro seguido de assassinato, que vitimou Elainne Cassyane dos Santos, de 13 anos. Evangélica e filha de pastor, Elaine foi abordada pela dupla na noite de quinta-feira (5) na Avenida Itália, em Cambira, quando retornava para casa, após visitar amigos em Apucarana.

adolescentedentro(Foto: Reprodução Facebook)

Um dos infratores deu uma “gravata” (aperto no pescoço) da menina quando ela estava embaixo de uma árvore esperando a chuva passar. Em seguida a dupla obrigou a menor a ir a pé até uma plantação de soja, a cerca de 500 metros do local, onde o estupro foi consumado. Depois os infratores mataram a vítima por asfixia mecânica (enforcamento) e jogaram o corpo (despido na parte de baixo) e um riacho nos fundos da Fazenda Nossa Senhora Aparecida, na zona rural de Cambira. Laudo do Instituto Médico Legal (IML) aponta que Elaine também teve o intestino perfurado. O IML constatou ainda que a menina havia falecido há pelo menos 72 horas.

De acordo com a delegada Iane, antes de ser violentada e morta a vítima ainda conseguiu fazer uma ligação telefônica para a família através de seu celular. As últimas palavras da adolescente foram: “Me solta, você está me machucando”. Os parentes da menina informaram a PM sobre o telefonema e na sexta-feira (6) o caso foi relatado à Polícia Civil, que iniciou diligências e rapidamente identificou e apreendeu os dois adolescentes, ambos residentes na Avenida Itália, em Cambira. “Inicialmente os infratores confessaram a participação no crime sem mostrar qualquer tipo de arrependimento, mas depois um deles voltou atrás e disse que um terceiro rapaz, já maior de idade, teria participado da situação”, afirmou a delegada. O telefone celular da vítima ainda não foi localizado.

Para ler a matéria completa no TNOLINE clique aqui.