Por Luiz Henrique de Oliveira e Bruno Henrique

A partir das 13h deste domingo (9), os estudantes começam o segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). As disciplinas aplicadas serão de provas de linguagens e códigos, matemática e redação. Para isso, terão uma hora a mais que ontem, cinco horas e 30 minutos.

Serão milhares de estudantes em Curitiba e região metropolitana de Curitiba. Junto deles, os vendedores ambulantes que também querem aproveitar a oportunidade para conseguir faturar. Um homem de 33 anos, que não quis se identificar, vende canetas a R$ 5 e no sábado faturou R$ 400.

canetadentroeforaCada caneta é vendida por R$ 5 na frente da PUC-PR (Foto: Bruno Henrique – Banda B)

“Vendi oitenta canetas e acho que vou conseguir mais hoje. O pessoal esquece e a gente tem que aproveitar a oportunidade para ajudar na renda”, disse o ambulante, que está de prontidão na frente da entrada principal da Pontifícia Universidade Católica do Paraná, na rua Imaculada Conceição, no bairro Prado Velho.

Os participantes devem levar documento de identificação original com foto, cartão de confirmação da inscrição e caneta esferográfica preta em material transparente. Não é autorizado o uso de celular ou qualquer aparelho eletrônico durante as provas. O autorretrato (selfie) é proibido. Candidatos identificados portando os objetos ou postando imagens e textos nas redes sociais serão eliminados. Ontem, 65 participantes foram excluídos do exame.

Notícia Relacionada:

No primeiro dia, MEC elimina 65 por uso indevido de celulares durante o Enem