Por Luiz Henrique de Oliveira e Juliano Cunha

faca-usada-dentro

Faca usada pelo adolescente (Foto: Banda B)

Um estudante de 14 anos esfaqueou uma professora de inglês, de 30 anos, e a deixou ferida dentro da Escola Estadual Ivanete Martins, na Rua Betonex, em Piraquara, na região metropolitana de Curitiba, por volta das 11h30 desta quinta-feira (4). Segundo a Polícia Militar (PM), as aulas foram suspensas e o clima é de comoção dentro da instituição de ensino.

esfaqueou-dentro

Estudante foi apreendido (Foto: Banda B)

O soldado Neves, da PM, afirmou que na escola a informação é que o aluno partiu para cima da professora por ficar indignado com uma nota recebida por uma avaliação teórica.

“O pai dele não teria gostado da nota e o menino, no dia seguinte, tomou essa atitude para se vingar. Infelizmente a professora não está nada bem e foi socorrida de helicóptero. Ela tem ferimentos no braço, na mão e no tórax”, contou  o soldado à Banda B.

O autor da facada e o objeto foram capturados pela PM em uma casa próxima à escola. O garoto estava escondido com um amigo. O menino foi levado à Delegacia de Piraquara.

“Adolescente não diz coisa com coisa”

[jwplayer mediaid=”115831″]

O superintendente Ediu Fernandes, da Delegacia de Piraquara, afirmou à Banda B que o menino não demonstra arrependimento pelo o que fez.

escola

Aulas foram suspensas durante a tarde (Foto: Juliano Cunha – Banda B)

“Ele não diz coisa com coisa e não sabemos se está sobre efeito de drogas ou não. Um rapaz de pouca idade, mas que tem um porte alto. Disse que tinha uma desavença com a professora e que queria tirar satisfação com ela”, explicou Ediu. (Ouça o áudio no ícone acima)

Ediu garantiu que não há episódios anteriores de violência na Escola Ivanete Martins. “Não tínhamos informações anteriores de problemas nessa instituição. Vamos apurar tudo o que aconteceu aqui”, concluiu.

Estado de saúde

Informações preliminares apontavam que a professora corria risco de morte, mas ela foi estabilizada no caminho do hospital e se recupera bem. Uma das facadas acertou o pulmão dela, segundo o Hospital Angelina Caron, mas não será necessário realizar cirurgia. O estado de saúde da professora é considerado estável.

Nota da Secretaria de Educação

A Secretaria Estadual de Educação enviou nota sobre o caso. Confira:

A Secretaria de Estado da Educação (SEED) lamenta a situação ocorrida no Colégio Estadual Ivanete Martins de Souza, em Piraquara, região metropolitana de Curitiba. E informa que a escola prestou todas as ações necessárias em relação ao fato sucedido com a professora, com rápida solicitação de socorro e encaminhamento ao hospital, com o apoio do helicóptero de resgate aéreo. Representantes da SEED e do Núcleo Regional de Educação da Área Norte estão no hospital prestando a assistência à professora e sua família.

Segundo direção da escola, as aulas foram suspensas no período da tarde e devem seguir amanhã normalmente. Nos próximos dias, a Secretaria e o Batalhão da Patrulha Escolar estarão reunidos com a comunidade escolar para conversar sobre o fato e fornecer adequadas orientações.

A Secretaria de Estado da Educação esclarece que o fato ocorrido na escola é uma situação isolada, e frente à totalidade do número de escolas existentes na rede estadual, não representa a realidade existente na relação entre professores e alunos.