do Portal Eu Amo Curitiba – Por Carla Dias

Há alguns meses tive a oportunidade de conhecer o senhor Amilton, uma pessoa simples e de uma sabedoria imensa. Um pequeno produtor que dispõe de uma chácara situada na região de São José dos Pinhais, cuja produção é 100% orgânica. O Senhor Amilton utiliza compostagem apenas de folhas que são colhidas no arredor de sua chácara como adubo. O modo com que trata a sua plantação é maravilhoso e com muito amor, que vem desde o cultivo da terra, antes de plantar, até a pós colheita. O sabor é maravilhoso, sem contar a textura e energia que expande de cada alimento. Sou extremamente grata por ter conhecido alguém que produz com tanto amor.

Você sabe o que é um alimento orgânico?

Eu poderia ficar horas e horas falando sobre alimentos orgânicos porém vou tentar resumir para o post não ficar muito extenso. Os alimentos orgânicos provém de uma agricultura orgânica. Muitas vezes associamos os orgânicos à alimentos que apenas não levam agrotóxico, mas estes também são livres de insumos artificiais como os adubos químicos, drogas veterinárias, hormônios e antibióticos e de organismos geneticamente modificados (transgênico). Ou seja, desenvolvido de uma maneira natural.

Durante a produção ou o processamento destes alimentos, é proibido o uso das radiações ionizante (o benzeno e formaldeído) e aditivos químicos sintéticos, como corantes, aromatizantes, emulsificantes, entre outros. Levam os objetivos da auto sustentação da propriedade agrícola no tempo e no espaço, a maximização dos benefícios sociais para o agricultor, a oferta de produtos saudáveis com um elevado valor nutricional, isentos de qualquer tipo de contaminantes que ponham em risco a saúde do consumidor, do agricultor e do meio ambiente.

Quer saber:

O que define um produto orgânico?

Por que os produtos orgânicos são mais caros?

O que é o Selo orgânico?

Onde encontrar os produtos orgânicos?

Clique aqui e leia a matéria completa.