Da Redação

Um agente penitenciário morreu e dois ficaram feridos após serem vítimas de uma emboscada na zona sul de Londrina, no norte do Paraná, durante a tarde desta terça-feira (20). De acordo com testemunhas, três homens encapuzados e armados com fuzis teriam realizado os disparos contra os carros do Departamento Penitenciário do Paraná (Depen).

Reprodução WhatsApp

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária (Sesp), os três agentes são do Serviço de Operações Especiais (SOE). As equipes haviam acabado de deixar as dependências da Penitenciária Estadual de Londrina II (PEL2), após fazer uma operação bate-grade (revista) de rotina. A emboscada aconteceu a menos de um quilômetro de distância da penitenciária.

O agente Thiago Borges de Carvalho, de 33 anos, foi baleado na cabeça, encaminhado ao hospital, mas não resistiu aos ferimentos. Os outros dois agentes baleados sofreram ferimentos de raspão e passam bem.

Tão logo confirmada a morte, o secretário Wagner Mesquita determinou reforço no policiamento nas ruas pela Tropa de Choque de Londrina e o deslocamento de equipes que integram Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) para a cidade. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios de Londrina.

Em nota, Mesquita lamentou a morte. “Me solidarizo aos familiares neste momento difícil de perda. As polícias Civil e Militar do Paraná não vão medir esforços para identificar e prender os autores dessa morte”, afirmou.