Os agentes de controle da dengue já voltaram ao trabalho depois de 10 dias em greve. A Secretaria Municipal de Saúde informou, por nota, que o pagamento dos valores correspondentes à primeira quinzena de fevereiro para a empresa Saneamento Ambiental Urbano (SAU), responsável pela contratação de agentes de controle de vetores da dengue foi feita nesta segunda-feira (18). A empresa já fez o repasse aos trabalhadores na manhã desta terça-feira (19). Ao todo, são 139 agentes, encerraram a greve.

O acordo foi firmado durante audiência realizada no Ministério Público do Trabalho, nesta segunda, com a participação de representantes da empresa, do Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação de Curitiba (Siemaco) e da secretaria.

O Ministério Público do Trabalho estabeleceu um prazo de dez dias para a SAU regularizar a situação junto à Justiça Trabalhista e apresentar a Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas – documento necessário para a regularidade dos pagamentos. O Siemaco comprometeu-se a orientar os trabalhadores a retornar ao trabalho nesta terça-feira, assim que for confirmado o pagamento dos salários.

De acordo com a prefeitura, a SMS tentava, desde o dia 5 de fevereiro, efetuar o pagamento, mas foi impedida juridicamente devido aos débitos trabalhistas da SAU.