Por Felipe Ribeiro e Bruno Henrique

Fotos: Bruno Henrique – Banda B

As 174 pessoas que precisaram passar a noite deste sábado para domingo (8) nos abrigos montados pela Prefeitura de Curitiba começam a voltar para suas casas. As famílias dormiram nas escolas municipais Joana Raksa, no Pinheirinho, e Otto Bracarense, no CIC. Em entrevista à Banda B, o administrador regional da CIC, Tom Vargas, disse que os esforços agora estão concentrados em entregar cestas básicas, cobertores, colchões e roupas aos afetados.

“Estamos tomando todas as atitudes para atender essas várias famílias atingidas pelas chuvas, hoje elas já começaram a voltar para casa e amanhã a Secretaria da Saúde inicia um trabalho especial para todos aqueles que possam ter tido contaminação pela água da enxurrada”, comentou.

Ao longo de todo o dia de sábado, o Instituto Pró-Cidadania de Curitiba distribuiu mais de 900 cestas básicas para as famílias atingidas. Além dos alimentos, também foram entregues 314 cobertores, galões de água, fraldas infantis, material de higiene pessoal, leite em pó e outros produtos de necessidade básica, através dos Centros de Referência da Assistência Social (CRAS). Quem também quiser ajudar e doar roupas, cobertores, toalhas de banho, produtos de higiene e alimentos não perecíveis, deve procurar os pontos de coleta da Doe Calor. Todos os endereços estão no site www.doecalor.com.br.

De acordo com balanço da Defesa Civil feito no fim da noite de sábado, 15.522 pessoas foram afetadas e 3.516 casas atingidas. Foram mais de 3.000 atendimentos. Os bairros mais atingidos foram o Uberaba, Cajuru, Boqueirão, Tatuquara, Santa Felicidade e 10 vilas da Cidade Industrial de Curitiba.

O prefeito Gustavo Fruet determinou no sábado estado de alerta por causa da cheia dos rios Barigui e Belém. Com isso, todos os servidores municipais estão de sobreaviso e podem ser convocados a qualquer momento para apoiar as equipes de mais de 500 técnicos da Assistência Social, Defesa Civil, Guarda Municipal, Saúde, Educação e Meio Ambiente que já estão desde a noite de sexta-feira (6) no combate à cheia e no atendimento da população atingida.