Da Redação com Catve.tv

Um homem de 32 anos, acusado de matar e esquartejar a adolescente Renata Silva Monteiro, de 15 anos, em Bragança Paulista, no estado de São Paulo, foi preso por agentes da Polícia Internacional (Interpol) em Ciudad Del Este, na fronteira do Brasil com o Paraguai.

preso-interpol-180913

Foto: Reprodução Catve

Marcelo Pires Woitte foi abordado e confessou que estava sendo procurado no Brasil pelo crime. Ele foi entregue pelos policiais do país vizinho no final da noite de ontem para autoridades federais na Ponte Internacional da Amizade e foi encaminhado para a delegacia da Polícia Civil de Foz do Iguaçu.

O crime chocou o Brasil. A menor foi morta, esquartejada e as partes do corpo colocadas em duas malas. O acusado disse que matou porque queria ficar com o bebê da adolescente.

Na época do crime, a mulher de Marcelo, Jéssica Thais também foi acusada pela Polícia de São Paulo. Mas Marcelo assume o homicídio sozinho. O acusado ainda relata que ficou, durante todo este tempo, no Paraguai descarregando caminhões nas lojas e que está, atualmente, separado de Jéssica.

A polícia brasileira reconhece a importância do trabalho em conjunto com a Polícia Paraguaia. Ao ser questionado sobre a possibilidade de encontrar os pais da vítima, Marcelo diz que pediria perdão.

Assista a reportagem completa no Portal Catve, clicando aqui.