De um lado Av. Erasto Gaertner, bairro Bacacheri, do outro, Av. Munhoz da Rocha, bairro Cabral. A divisa, delimitada pelos trilhos do trem, foi palco de um grave acidente, por volta das 15h30 desta segunda-feira (21). Duas pessoas ficaram feridas na colisão que envolveu um ônibus metropolitano que faz a linha Campina Grande do Sul e um trem da ALL Logística.

Segundo testemunhas, o motorista do ônibus não teria ouvido o apito sonoro do trem e não conseguiu parar o coletivo. Apesar disso, a perícia dele fez com que o choque não fosse pior. “Desviei do trem e por sorte só pegou na traseira. Se não consigo desviar, a situação poderia ser bem mais grave”, disse o condutor, que se identificou como Gérson.

As duas pessoas feridas tiveram ferimentos leves, causados pelo deslocamento dentro do ônibus, conforme relatou o soldado Talles, do Corpo de Bombeiros. “Pequenas luxações nas mãos. Eles, ao verem o trem, saíram correndo pelo corredor e sofreram uma pequena queda. Foram ao Hospital Cajuru, sem qualquer risco”, destacou.

Devido ao acidente, o trânsito na divisa de bairros apresenta lentidão. Alguns vagões do trem ao desacoplar, devido ao acidente, invadiram a Rua Nicaraguá, que está interditada.