A Superintendência Estadual Paraná da Agência Brasileira de Inteligência (Abin), órgão da Presidência da República, promoveu nesta terça-feira (02), na sede da entidade em Curitiba, a primeira reunião do Sistema Brasileiro de Inteligência (Sisbin). Diversos órgãos envolvidos com a Copa 2014 ouviram uma palestra do secretário estadual para Assuntos da Copa, Mario Celso Cunha, que fez um balanço das ações que estão sendo desenvolvidas, além de uma atualização dos projetos e das obras em andamento.

“Uma plateia de formadores de opinião, representando entidades importantes neste processo da preparação da Copa no Paraná é de fundamental importância, reforçando a equipe que atua para fazer de nossa sede um bom exemplo nacional de organização e competência”, disse Mario Celso Cunha.

O superintendente estadual do Paraná da Abin, Nivaldo Odilom Binder, destacou que as entidades que atuam no setor de inteligência e fiscalização estão atuando de forma integrada para contribuir neste projeto Copa, pois são órgãos que estarão diretamente envolvidos nesta operação”.

A representante do Itamaraty, Mônica Nasser, afirmou que a preparação exige muita atenção não só com os turistas estrangeiros que virão ao Brasil, mas também com os representantes oficiais de diversos países. “É importante a preparação de folders e material de divulgação em língua estrangeira para distribuição aos visitantes”, disse.

Participaram da reunião representantes da Anatel, Receita Federal, Exército, Marinha, Aeronáutica, Capitania dos Portos, Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Banco Central do Brasil, Copel, Corpo de Bombeiros, Polícia Rodoviária Federal, Departamento de Inteligência do Estado do Paraná (Diep), Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), Polícia Federal, Guarda Municipal, Ministério da Previdência Social, Penitenciária Federal de Catanduvas, Ibama, Delegacia Regional do Trabalho, Petrobrás, Secretaria de Estado da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos (Seju), Departamento de Execução Penal do Estado do Paraná (Depen), Polícia Militar, Polícia Civil, Ministério do Trabalho e Emprego, Receita Estadual, Prefeitura Municipal de Curitiba (GGI), Cindacta II, Secretária Municipal de Trânsito (Setran) e Itamaraty.

No encerramento do encontro o secretário Mario Celso Cunha recebeu um diploma de agradecimento da Abin, assinado pelo diretor-geral da Agência Brasileira de Inteligência, Wilson Roberto Trezza.