Boa Noite Cinderela e Falsa Batida no Trânsito

Falando de Segurança

Por Cel Jorge Costa Filho

 

GOLPE DO BOA NOITE CINDERELA

Apesar de não ser muito aplicado e quando o é, as vitimas muitas vezes por vergonha acabam não registrando a ocorrência e isso faz cm que os marginais que o aplicam se sintam seguros e confiantes em aplica-lo em novas vitimas.

A prática consiste em misturar um remédio na bebida da vitima sem que ela perceba para fazê-la adormecer, esse golpe é aplicado em bares e boates. Quando a vitima está adormecendo vai com a mesma até sua casa e pratica o roubo. Em muitos casos além do roubo os marginais acabam estuprando suas vitimas, pois sabem que se for só o roubo, com certeza a grande maioria das vitimas irão formalizar a queixa, mas se forem estupradas, a probabilidade de não darem a queixa para não se exporem é muito grande.

Dica: Nunca aceite bebidas de estranho; quando estiver em festas ou locais públicos, mantenha seu copo sempre protegido; nunca deixe as garrafas de bebidas que estiver tomando “largadas” e se for ao banheiro leve o seu copo.

GOLPE DA FALSA BATIDINHA NO TRÂNSITO

Esse golpe é praticado por alguém que vem atrás do seu veículo, sendo que geralmente usam veículos roubados e quando a vitima se encontra num local pouco movimentado e dá uma pequena batidinha e ao parar para ver o que aconteceu ocorre o assalto.

Dica: Se está situação ocorrer com você, antes de descer do carro verifique quem está no outro veículo, pois geralmente nunca estão sozinhos. Assim se perceber algo suspeito, às vezes é melhor ficar no prejuízo e ir embora. Não esqueça que para uma ação para cobrir o seu prejuízo basta apenas anotar a placa do carro e fazer um Boletim de Acidente de Trânsito – BOAT, então anote a placa ou tire um foto do outro carro, assim, você não se expõe e não corre riscos nem coloca sua vida em risco.

GOLPE DO FALSO PRESTADOR DE SERVIÇOS

Marginais se disfarçam de carteiros, leitores de relógio de energia e funcionários de companhias telefônicas para poderem entrar em casas, condomínios e prédios.

Dica: Os funcionários dessas companhias não são autorizados a fazer reparos no interior das casas dos clientes. Antes de liberar o acesso entre em contato com a empresa e confirme a identidade dos mesmos. Se forem funcionários não irão se importar porque estão acostumados a esse procedimento, mas se forem marginais, com certeza irão dar uma desculpa e irão embora.

Nunca esqueça PREVENIR é sempre o melhor remédio. Para ver outras matérias acesse, www.coronelcosta.com.br









Notícias relacionadas

Os comentários estão fechados.