Com expectativa de bom público, Paraná inicia venda de ingressos para jogo contra o Atlético-MG

Por Guilherme Coimbra com informações de Felipe Dalke

Paraná mandará jogo contra o Atlético-MG no Couto Pereira (Banda B)

Virando a chave para a Copa do Brasil, o Paraná encerra a sua sequência de três jogos como mandante na próxima quarta-feira (24), às 21h45, diante do Atlético-MG, no Couto Pereira. Na expectativa por um bom público no estádio do Coritiba, o Tricolor inicia a venda de ingressos para o duelo neste sábado (20), através da internet e também na Vila Capanema e na sede social da Kennedy.

Os bilhetes para o duelo contra o Galo custarão R$ 60 (inteira) e R$ 30 (meia-entrada) na compra antecipada, enquanto no dia da partida, sobem para R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia). Nas Sociais, para quem comprar de forma adiantada, os valores variam entre R$ 100 e R$ 50. No Setor Pro Tork, os preços serão de R$ 80 e R$ 40 para quem comprar antecipadamente. Sócios do clube da Curva Norte terão acesso gratuito na arquibancada e das Sociais no Setor Mauá. Torcedores com a camisa do Paraná terão direito à meia-entrada.

O empresário Naor Malaquias, responsável pela transferência da partida para o Couto Pereira, frisou a importância de se resgatar períodos em que o Paraná construiu boas histórias como mandante no Alto da Glória.”Nós temos uma cláusula de confidenciabilidade, então não podemos falar sobre valores. O objetivo maior é que o Tricolor possa levar o jogo para o Couto Pereira e poderá levar mais torcedores do que aqui na Vila Capanema”, afirmou em entrevista à imprensa. “O Paraná há dez anos não atua contra o Atlético-MG e acreditamos que pode fazer lá nos anos 90 e nos anos 2000, quando venceu Corinthians, Vasco e Palmeiras com o Couto Pereira lotado. Então, o Tricolor tem uma história bonita no estádio e sabemos que existe a possibilidade de colocar muitos paranistas lá”, complementou.

Os ingressos estarão a venda a partir deste sábado através da internet, nas bilheterias da Vila Capanema e na Loja Oficial da Sede da Kennedy.







Notícias relacionadas

Os comentários estão fechados.