Os coxinhas ficaram com uma pequena vantagem na briga pela título. Pequena porque pra ser campeão tanto coxa como FURACÃO terá que vencer o jogo ou tudo será decidido na marca da cal. A vantagem é só de jogar em casa, mas essa é uma desvantagem que o FURACÃO já tem desde o inicio do campeonato, afinal jamais jogou em casa nesse estadual.

No domingo a vitória estava em nossas mãos, mas mais uma vez em três chutes que os coxas acertaram no gol, dois entraram. Aí fica dificil num ATLEtiba decisivo quase toda bola que vai no gol é gol, goleiro “chama gol” é dose, não da pra ser campeão assim. Rodolpho precisa ser o goleiro já contra o Cruzeiro e lógicamente na final de domingo, senão é certo que Carrasco colocará em risco todo o trabalho por causa de bobaginhas. Rodolho está na suplencia porque é bad boy, chegou atrasado uma vez, bobagens que precisam ser resolvidas de outra maneira e não o deixando no banco em momentos decisivos.

Paulo Baier sim precisa ir pro banco, já não viaja com o Cruzeiro, isso é bom, mas no ATLEtiba de domingo Paulo no banco também seria bom pro ATLÉTICO.

Na Vila o grande erro de Carrasco não foi a mudança tática e sim de peças. Quando o time ainda empatava e Furlan se machucou ele manteve a postura e colocou o garoto Taiberson ( outro atacante), aí quando fizemos o 2 a 1 era claro que o coxa viria pra cima já que não vale saldo de gols e tomar 3 a1 ou 2 a1 dava na mesma pra eles, o que tinham que fazer era tentar empatar, então normal povoarmos o meio já que tinhamos três atacantes até ali e um meio de campo esburacado. Até ai tudo bem, mas no momento que foi tirar mais um meia pra colocar mais um volante é que Carrasco se equivocou. Não era Liguera que estava bem no jogo pra colocar Renan e sim tirar o Baier que estava mortinho e colocar Alan Bahia que além de tudo tem história em ATLEtibas, estrela e tudo mais.

Mas o que passou já era, agora é concentração contra a raposa porque passar de fase é funadamental. Fazer gol lá em Sete Lagoas é o segredo.

E o ATLEtiba fica pra depois, espero que com um árbitro que tenha pelo menos preparo fisico, porque é uma vergonha pro maior clássico paranaense um árbitro “gordo” apitar e que não tem capacidade de enxergar dois penaltis claros( um pra cada time) e de sequer dar um cartão num jogo cheio de jogadas violentas, como do seu Linconl que chuta o Furlan no chão. O nível de arbitragem foi uma vergonha, pra aqueles que dizem que está bom assim, mesmo para o nosso maior jogo, então parabéns pela mediocridade.

Domingo contra tudo e contra todos queremos ver os coxas assim, sentadinhos apreciando a festa RUBRO-NEGRA!

SAUDAÇÕES RUBRO-NEGRAS!