Esse sentimento sem dúvida é o que mais machuca o coração da gente.Saudade temos quando estamos longe do que gostamos. Saudades daquele carro que adorava, de coisas que gostamos, de pessoas que gostamos, saudades dos amigos de infância, saudades… só a temos quando recordamos boas lembranças e sentimos falta.

Saudade que machuca o peito é quando perdemos um ente querido, Já se vão19 anos que perdi meu pai de maneira repentina, mas até hoje sinto sua falta todos os segundos da minha vida, sinto sua presença em todos os momentos, em cada decisão que preciso tomar na vida sinto meu pai ao meu lado. A saudade que tenho dele parece ser diferente, é uma saudade que dói, dói muito, mas ao mesmo tempo me fortalece, me mantém forte e motivado. Saudade que machuca muito também é quando perdemos alguém que ainda nem foi pro andar de cima, até parece pior, porque fica sempre a angústia que poderia ser diferente, que não precisavámos perder e que não foi Deus que quis assim. Pode ser um grande amor ou uma grande amizade, mas essa é a saudade que parece jamais ter fim.

Disse tudo isso porque sexta-feira quando fui à vila na despedida RUBRO-NEGRA de Curitiba nesse brasileiro( vamos jogar á partir de agora em Paranaguá), veio à minha memória tantos bons momentos que o futebol me trouxe. Senti tanta saudade da nossa casa, de nosso santuário, de nossa querida Baixada, vendo a vila com pouca gente, lembrei-me também da velha Baixada, de quando tão pequeno ia aos jogos com meu pai, lembrei da nossa Arena que meu pai infelizmente não teve o prazer em vida de ver nosso FURACÃO jogar, mas Arena que foi palco de tantos jogos que assisti acompanhado por pessoas especiais que Deus colocou no meu caminho.

A saudade é isso..machuca, mas pode nos fortalecer. A saudade que cada atleticano tem no peito de nossa querida Baixada ou de nossos fortes times como de 2001 e 2004 precisa ser o combustível pra nossa nova arrancada. Precisa ser nosso combustìvel pra novas glórias, vamos transformar essa saudade em motivação pra alavancar novas conquistas, vamos transformar esse sentimento em honra e glória, vamos pra Paranaguá com a certeza que em breve voltaremos pra casa e a saudade se transformará em realidade, em presente, em vida e glória.

O ATLÉTICO sempre foi o motivo de união de tanta gente, foi e é a razão de tantos amores, de tantas amizades e acima de tudo de tanta paixão, o ATLÉTICO sempre nos fortaleceu e na minha vida particular foi o combustível pra tantos momentos.

Se temos um time bom ou não é outra história. Vamos cobrar sempre que melhore, mas vamos também dar força ao que mais importa que é o nosso sentimento, o atleticanismo.

Com essa força..logo estaremos de volta!!

SAUDAÇÕES RUBRO-NEGRAS!