Dizem que era um jogo amistoso. Mas não foi. Não valia três pontos, mas foi um jogo com muito mais intensidade, pegada e dedicação do que muitos deles. Parecia um jogo de mata-mata, decisivo, um jogo de Libertadores.

O jeito de jogar dos uruguaios, que tentam se impor pela força, aliado ao comportamento sério e determinado do ATLÉTICO desde o primeiro minuto fizeram desse teste um bom espetáculo pra quem esteve na Arena.

Que show da torcida! 30 mil num jogo de pré-temporada! Espetacular!

Gostei muito do time no primeiro tempo. Foi nessa etapa que Autuori ainda manteve a base titular e o mesmo padrão e segurança defensiva do ano passado foram vistos.

Individualmente Pablo jogou muito, o melhor, a sensação foi o garoto Luis Otávio e das novas contratações todos foram regulares. Gedoz sabe jogar isso é nítido, Jonathan é experiente e Luis Henrique sabe se posicionar mas errou muitas finalizações, vai melhorar.

O que ficou muito claro ontem é como o ATLÉTICO tem um bom time, um time forte, com padrão e com boas individualidades, um time que dará alegrias à sua fanática torcida.

Ontem perdeu muitos gols, mas era a hora que podia, na próxima quarta é outra história e aí sim as bolas terão que entrar. Será um jogo como contra o Penarol, mas com importância infinitamente maior!

SAUDAÇÕES RUBRO-NEGRAS!
BINHO ASSUNÇÃO!