Atropelamos o Cruzeiro com personalidade e estamos nas quartas de final da Copa do Brasil. Um time equilibrado. Mesmo com mais um jogador no meio de campo do que de costume na era carrasqueana o FURACÃO não deixou de ser ofensivo e foi matador contra a raposa.

Guerron foi o cara, artilheiro da Copa jogou muito e o Liguera mostrou o quanto é fera na meiúca atleticana. Mas a volta de Rodolfo no gol foi determinante pra passar a confiança defensiva necessária ao time.

O time pra domingo não deveria ser outro do que o de ontem com a manutenção de Alan Bahia no lugar do Renan como titular e claro com as voltas de Gabriel Marques e Edgar junio nos lugar de Cleberson e Patrick. O que eu digo é que Paulo Baier deveria ficar no banco ao lado do Carrasco, sem ele o time fica mais dinamico e mais competitivo.

Copa do Brasil é a prioridade, o mellhor paranaense até aqui com cinco vitórias e apenas uma derrota tem bala na agulha pra passar pelo Palmeiras e quem sabe buscar o título. Mas antes vamos em busca da taça estadual, equilibrado como ontem temos chances de quebrar o serviço dos coxas que já se acham campeões.

Sem Heber mas com outro coxinha no apito, mesmo assim vamos em busca de calar o estádio remendado no peito e na raça.

SAUDAÇÕES RUBRO-NEGRAS!