O FURACÃO mostrou sua força em Sete Lagoas e sufocou o Cruzeiro até conseguir a vitória, conseguiu, e aí o bandeirinha anulou. Essa foi a verdade do jogo.

Não há como não elogiar o time na decisão de ontem. Foi guerreiro, teve personalidade, encurralou um adversário tradicional que jogava sua vida dentro de casa e mesmo assimsó não venceu pelo erro do bandeira. Que faz parte dojogo. Não é choro, apenas constatação que o ATLÉTICO jogou pra vencer.

Nesse ritmo vamos escapar, agora é vencer as duas últimas e manter o planejamentofeito prasoito últimas rodadas. Cumpridoà risca até aqui. E vamos vencer.A última é em casa e nesse momento jogando o que estamos jogando nas últimas três partidas, podemos ganhar de qualquer um e,a próximaé contra o rebaixadoAmérica que mesmo tendo motivação extra, nada pode ser maior do que nossa motivação, jogando como jogamos ontem venceremos.

Vencendo as duas não cairemos. Os confrontos diretos entre Ceára e Cruzeiro na próxima e Ceará e Bahia na última nos dão essa condição.

Ontem em Sete Lagoas tenho certezaque todos os atleticanos sentiram orgulho de nossa camisa. Foi ela que deu personalidade ao time, que é carente técnicamente, mas que ontem jogou de cabeça erguida.

Nieto fez falta e por incrivel que pareça Deivid nem tanto, já que foguinho foi bem e Marcelo Oliveira destruiu, jogou demais, arrebentou mesmo.

Estamos na briga. E isso é terrivel para os adversários!

SAUDAÇÕES RUBRO-NEGRAS!