Quando se apanha oito vezes seguidas e tem o minimo de sobriedade admite-se a inferioridade. Nas últimas oito vezes que ATLÉTICO e Paraná se enfrentaram foram sempre com times diferentes, oito times diferentes, jogadores diferentes, situações diferentes, mas com a mesma torcida e o mesmo escudo de cada lado. E entre esses dois adversários mais do que nunca esse tem sido o maior diferencial.

No sábado mais uma vez fomos até a vila e vencemos com autoridade.Mostramos um time encorpado, com personalidade e que se impôs. Manoel o melhor, mas todo o time esteve e Henrique fez seu melhor jogo até aqui. Mais do que nunca nessa série B está chegando o momento de separar os homens dos meninos e sábado isso ficou bem claro, o paranazinho não vai mais uma vez a lugar nenhum e o FURACÃO vai em busca do acesso.

Cometemos muitos erros no primeiro turno, montamos dois times, trocamos de técnico várias vezes, sem contar que mandamos os jogos fora de Curitiba e, ainda assim terminamos em sexto com apenas dois pontos atrás do objetivo na série B. Com todo segundo turno pela frente e com essa camisa que amedronta tanta gente podemos confiar numa classificação mesmo com tudo contra.Agora é pensar no Joinville. Decisão, essa é a palavra. Confronto direto, temos que vencer custe o que custar, vamos pra Paranaguá pra empurrar o FURACÃO.

SAUDAÇÕES RUBRO-NEGRAS!

Foto Destaque

Na Vila Capanema, quem faz a festa é a torcida rubro-negra [foto: FURACAO.COM/Joka Madruga]