Ser atleticano é uma dádiva. O Orgulho de ser Rubro-Negro é contagiante. A invasão à Criciúma foi emocionante. O comportamento da massa Rubro-Negra exemplar. Dificilmente ouvimos falar de invasões como as de São Caetano e Criciúma sem nenhum senão, sem confusões, sem brigas, um show de organização e comportamento da nossa nação. Um povo que a cada dia que passa se mostra mais maduro, uma torcida que se mostra mais madura e inteligente. Essa torcida sabe a importância que tem pro time e por isso faz o que faz. E nesse brasilerio fez muito. Acreditou no clube, na camisa. Quando viu que faltava time exigiu com sabedoria mudanças e a diretoria assim procedeu. São quatorze mil sócios e por falta de lugar pra esse povo nem todos puderam acompanhar todos os jogos, mas todos se sentiram lá representados por quem lá estava, seja na Vila Capanema, seja em Paranaguá, seja no Janguito ou em todos os estádios que visitamos sem deixar jamais de estar lá. Esse grupo de jogadores que se mobilizaram em defesa da nossa causa sabem o quanto foi sofrida a caminha até aqui, são guerreiros que sabem o quanto merecemos esse acesso.

E aí está minha confiança pra sábado. Numa certa vez ouvindo uma entrevista de Nalbert, campeoníssimo jogador de volei, ele explicou o que acontecia quando o jogo chegava no hora decisiva, no 23 a 23 por exemplo, e o Brasil era sempre quem vencia, disse ele: ” Vencíamos porque nosso emocional era forte, porque treinávamos como ninguém treinava, porque nos sacrificávamos pra fazer por merecer, porque naquele momento jogávamos com a confiança de quem sabia que merecia”.

Esse é o ATLÉTICO dessa série B. E o ATLÉTICO é sua torcida. E a nossa torcida fez por merecer o orgulho e a festa do acesso no sábado que vem.

Ninguém vai nos tirar isso, muito menos quem pouco fez por mercer e pouco faz há muito tempo.

Emoções teremos muitas, dificil com certeza será, adrenalina à mil com certeza teremos, nada é fácil e jamais será no sábado. Mas confio no que fizemos até aqui.

Vamos subir!!!

SAUDAÇÕES RUBRO- NEGRAS!