Chegou a hora, mais uma decisão na Libertadores e agora sem volta. Ou vai ou racha.

Muito se fala da força da altitude em La Paz. Os números falam por si e mostram o quanto ela interfere nos resultados a favor dos bolivianos.

Mas é preciso ter cuidado pra que a altitude não nos vença mesmo antes de chegarmos lá. O aspecto emocional em função do terrorismo e do fantasma que se cria em torno dela as vezes pode ser mais prejudicial do que ela mesma.

O medo da altitude não pode tomar conta do time ao ponto de esquecer o time adversário, as dificuldades normais de uma decisão e acima de tudo não pode fazer com que o ATLÉTICO perca a atitude em La Paz.

Aprendi desde cedo que ter atitude é fundamental em qualquer situação. Mais do a tão falada altitude será a atitude do nosso FURACÃO em La Paz que vai decidir essa vaga.

Raça, alma de guerreiro, inteligência e muita fé pro FURACÃO nessa terça e boa sorte pra nós!

SAUDAÇÕES RUBRO-NEGRAS!

BINHO ASSUNÇÃO