Mais uma vez o Tricolor da Vila contou com a sorte no desfecho da 16ª rodada e é sabido que time que quer subir precisa além de competência ter um pouco de sorte, não é mesmo?

As equipes que poderiam ultrapassar o Paraná na tabela tropeçaram. Assim, o Tricolor da Vila se manteve na 5ª posição, com 25 pontos distante 4 pontos do sonhado G4. Mas é preciso abrir logo os olhos e ver que temos na nossa “cola” equipes como Londrina (1 ponto a menos que o Paraná), Criciúma (nosso próximo adversário) e Brasil de Pelotas, ambos com 23 pontos e, a Luverdense, com 22 pontos.

Nosso próximo jogo acontecerá somente na sexta-feira (22/07) e, o técnico Marcelo Martelotte, que completou um mês no cargo no dia de ontem (17/07), terá no total pelo menos 9 dias para treinar a equipe. Ao que parece teremos Robert como titular, já que Lucio Flavio cumprirá suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Quem sabe entrando como titular o camisa 9 que chegou prometendo 20 gols por aqui não reencontra seu faro de artilheiro e começa a cumprir a promessa?! Fica a nossa torcida para que isso aconteça o mais breve possível já que a equipe está a 2 jogos sem marcar gol.

ATUALIZAÇÃO: Conforme informação do Departamento de Esportes da Banda B (http://www.bandab.com.br/esportes/apos-10-partidas-atacante-robert-esta-proximo-de-deixar-o-parana-sem-marcar-gols/), o atacante Robert pode deixar o Paraná e não enfrentar o Criciúma, vamos aguardar a confirmação oficial do Clube.

Para o jogo contra o Criciúma, a Torcida Fúria Independente lançou em sua página do Facebook que está organizando uma caravana. Quem puder acompanhar o time, fica a dica para entrar em contato com a torcida e se fazer presente no Heriberto Hulse.

Sobre empatar em casa…

Até o momento o Paraná disputou oito partidas em casa, destas conquistou três vitórias, quatro empates, sendo todos estes pelo placar de 0x0 e, teve ainda uma derrota. O que se fala muito entre a torcida Paranista é sobre o alto número de empates jogando em seus domínios, quando o certo seria fazer valer o conhecimento do campo e sair com vitória.

Se analisarmos os times que ascenderam à série A desde que o Paraná voltou a disputar a série B em 2008, apenas 13 equipes, dentre 32 que conseguiram o acesso tiveram quatro empates ou mais jogando em casa. Os maiores números de empates foram das equipes da Chapecoense (2013) e Ponte Preta (2014), com sete empates cada.

Quando falamos em vitórias em casa, as equipes que subiram de divisão conquistaram 10 ou mais. Ainda, não sofreram mais de 5 derrotas em casa.

Fica aqui a curiosidade para a Torcida Paranista.

Contratação…

Na última quinta-feira (14/07) o Paraná anunciou mais uma contratação para reforçar o grupo para a sequência da competição. Dessa vez foi anunciada a chegada do lateral esquerdo Henrique, que pertence ao time verde da cidade, e fica na Vila Capanema até 30 de novembro. Henrique tem 21 anos e estava no Náutico, por aqui disputará vaga com Fernandes e Rafael Carioca.

HENRIQUE-PARANA

(Foto divulgação/Paraná Clube)

Saudações Paranistas!

Sugestões/reclamações/elogios: @annastubert

SABOR-3-4