Por Pedro Melo com informações de Monique Vilela

Wagner Lopes acredita que Paraná ainda vai evoluir na temporada. (Monique Vilela/Banda B)

O Paraná começou a temporada com o pé direito com a vitória por 2 a 0 sobre o Avaí na estreia pela Primeira Liga. Mesmo com a torcida empolgada pelo bom resultado, o técnico Wagner Lopes manteve os pés no chão e afirmou que a equipe ainda precisa evoluir para a disputa do Campeonato Paranaense.

“A gente espera que tudo ocorra bem e sai muito satisfeito pela vitória. Porém, a gente sabe que ainda vai oscilar e foi uma grande apresentação. Quero agradecer publicamente o empenho de todos os atletas e fizeram tudo aquilo que foi proposto. Temos que colocar os pés no chão e saber que vamos errar em alguns momentos”, declarou Lopes.

No jogo de estreia, pouco mais de três mil pessoas estiveram na Vila Capanema, mas o público apoiou o Tricolor desde o primeiro minuto.  “Quero agradecer a nossa torcida porque todas as vezes que joguei aqui foi muito difícil. Desde o primeiro momento, a torcida aplaudiu e não vi ninguém com reação contrário. Vamos continuar trabalhando para continuar com essa confiança. Todos estão remando a favor”, disse Lopes.

Dos 14 jogadores que participaram da partida, apenas três estavam no grupo do ano passado – Diego Tavares, Leandro Vilela e Guga. Mesmo com apenas 22 dias de pré-temporada, o treinador elogiou o setor criativo da equipe. “A maioria das decisões foi correta, mas claro que ainda falta entrosamento. Nós criamos outras oportunidades com Renatinho, Ítalo e o Bruno. Então, saio satisfeito em relação a criação das nossas jogadas. O mais importante é a atitude após o erro e eles [jogadores] estão de parabéns”, comentou.

O Paraná oficializou 15 reforços e o diretor Rodrigo Pastana afirmou, em entrevista à Banda B, que mais quatro jogadores precisam apenas realizar exames médicos. Para o comandante, o elenco está praticamente fechado e muitos jogadores têm potencial para atuar no time.

“Eu preciso valorizar as peças que eu tenho e claro que a gente cobra também. A nossa diretoria está muito atenta ao mercado, mas sei que as condições financeiras são difíceis como é para todo mundo. A primeira ideia é valorizar as nossas peças e temos muitos jogadores com potencial para ser desenvolvido”, concluiu o técnico.

Confira a coletiva completa do técnico Wagner Lopes: