Jogando contra o líder do campeonato, o Paraná foi muito valente, mas acabou perdendo para o Criciúma pelo placar de 2 a 1. Os três gols foram marcados em um intervalo de três minutos, no primeiro tempo. Os jogadores do Tricolor reclamaram muito do segundo tento marcado pelo time da casa, em que no começo da jogada, o atacante Zé Carlos recebeu a bola em impedimento. Com o placar, o Paraná se manteve em 8º na classificação.

Criciúma e Paraná jogam de forma agressiva, mas time da casa se dá melhor

Quem começou as atitudes ofensivas na partida no Heriberto Hulse foi o Criciúma, que apoiado pelo estádio cheio, fez um gol logo aos 30 segundos da partida, com Zé Carlos, mas bem posicionado, o bandeirinha ergueu o instrumento e marcou o impedimento.

4 minutos depois, mais um impedimento do zagueiro Matheus, do Criciúma, que após cruzamento na área, havia tocado para dentro do gol.

Finalmente, aos 15, o placar foi aberto de forma definitiva. O artilheiro Zé Carlos recebeu a bola dentro da área, gira em cima do zagueiro, erra o chute e a bola sobra para Válber, que completa para o gol.

Sem nem tempo de fazer a festa, a torcida do Criciúma ficou calada dois minutos depois. O zagueirão Anderson deu uma de atacante e bateu forte, e o goleirão Douglas Leite espalma para dentro da área e Wendel empurra para o fundo das redes para empatar a partida.

Um minuto depois, o atacante Zé Carlos recebeu a bola em posição de impedimento não marcado pelo bandeirinha, ele bate pro gol, e no rebote, Fransérgio faz o segundo gol do Criciúma. Após o lance, os jogadores do Tricolor reclamaram muito com o juiz e com o bandeirinha.

O Paraná tentou conseguir o empate ainda no primeiro tempo, mas parou por duas vezes no goleirão Douglas Leite, da equipe da casa.

Dois gols impedidos do Criciuma. Aos 30 segundos, Zé Carlos recebeu na frente e bateu pra dentro. 4 minutos depois, Matheus cabeceoou após falta cobrada, mas ele estava na frente.

Tricolor tenta mas para em Douglas Leite

Voltando com mais gás no segundo tempo, o Paraná tentou desde o começo da segunda etapa o gol de empate. O Criciúma, com a vantagem no placar, saia em contra-ataque e segurava a bola lá na frente com o artilheiro da competição, Zé Carlos.

O Tricolor teve duas chances ótimas no segundo tempo. A primeira, Welington recebeu a bola e de fora da área, bateu forte para linda defesa de Douglas Leite. Já no final da partida, Welington cruza na área para Zé Luís, que cabeceia e vê Douglas Leite fazer mais um milagre, mas no rebote, Wendel, com o gol aberto, chuta por cima, perdendo chance incrível.

Com o resultado, o Tricolor se manteve na 8ª colocação da Série B do Campeonato Brasileiro, com 18 pontos, à cinco pontos da zona de classificação para a Série A. No próximo sábado (28), o Tricolor enfrenta o Ceará na Vila Capanema, pela 13ª rodada da Série B.

FICHA TÉCNICA
CRICIÚMA 2 X 1 PARANÁ

Local: Estádio Heriberto Hulse, em Criciúma (SC).
Data: 21/07/2012, sábado.
Horário: 16h20.

Árbitro: Leandro Pedro Vuaden.
Assistentes: José Eduardo Calza e Carlos Henrique Selbach.

Criciúma: Douglas Leite; Ezequiel, Matheus, Nirley e William Simões; Rodrigo Possebon, Fransérgio (Giovanni Augusto), Kléber e Válber (Diego Oliveira); Lucca (Lins) e Zé Carlos.
Técnico: Paulo Comelli.

Paraná: Luís Carlos; Paulo Henrique (Nilson), Anderson, Alex Alves e Fernandinho; Zé Luís, Cambará (Marquinhos), Luisinho (Geraldo) e Welington; Arthur e Wendel.
Técnico: Ricardinho.

Cartões amarelos: Robrigo Possebon eZé Carlos (CRI); Zé Luís (PRC).
Gols: Válber (CRI), aos 15 minutos, Wendel (PRC), aos 17 minutos e Fransérgio (CRI), aos 18 minutos do primeiro tempo.