Com um desfalque de última hora, o Paraná Clube terá esquema tático modificado para enfrentar o Vila Nova. Nos treinamentos desta quarta-feira, o meia Dinelson sentiu novamente a lesão que o tirou de campo desde a derrota para o Icasa e deve dar lugar ao volante Sílvio, que entre improvisado na defesa tricolor.

A dez pontos do grupo de classificação à Primeira Divisão, o Tricolor se apega à matemática para não desistir. “Se a gente se conscientizar que precisa brigar pela parte de cima, dificilmente vai sofrer com a zona do rebaixamento”, aponta Sílvio, otimista. “Se existem chances matemáticas, a gente tem que focar. Esse jogo contra o Vila Nova vai definir tudo”, avalia.

A afinidade com os números que ainda permitem ao Tricolor sonhar com o acesso também é compartilhada pelo meia Douglas Packer. “A gente acompanha os resultados e sabe da dificuldade, mas eqnaunto tivemos possibilidade matemática do acesso, com certeza todos nós estaremos acreditando”, afirma.

O técnico Guilhmerme Macuglia leva a campo o provável time formado por Zé Carlos; Marquinho, Luciano Castán (Cris), Edson Rocha, Sílvio e Gleidson; Maycon Freitas, Itaqui, Douglas Packer; Ricardinho e Giancarlo.