O adversário dessa noite traz boas lembranças para o Paraná Clube. Em maio, o Boa Esporte Clube atendia por Ituiutaba e foi vencido pelo Tricolor por 2 a 1 em casa, pela largada do Campeonato Brasileiro da Série B. Em campo naquele jogo, Lisa, Cris, Lima, Serginho e Welington voltam a reencontrar o time mineiro nesta terça-feira (30) e querem repetir o resultado da estreia.

Naquela época, o time era comandado pelo técnico Ricardo Pinto, que lançou mão do esquema 4-4-2 para vencer o agora rebatizado Boa. Não por acaso, o atual treinador Roberto Fonseca irá retomar nessa noite o esquema que levou o Paraná a figurar por 14 rodadas consecutivas entre os quatro melhores do campeonato.

“O mesmo esquema tático que nos deu vitórias, nos deu também derrotas. Não é pelo esquema que vencermos e sim pela atitude, pelo aproveitamento, pela marcação”, defende o treinador, que rejeita qualquer incômodo com a pressão por vitórias que tem sofrido desde a última vez que o Tricolor entrou em campo.

“O que nós temos que ter é personalidade para trabalhar”, afirma. “Conversei muito com os jogadores: altetas, comissão técnica e diretoria têm que saber viver sob pressão. Não adianta ficar bravo, essa é a nossa função”, emenda o treinador que aposta em Douglas Packer no meio e saca Giancarlo para a entrada de Ricardinho, mas garante que o atacante tem toda a sua confiança. “Tenho certeza que ele vai ser útil. A minha confiança nele é a mesma de quando eu cheguei”, garante.

A Banda B transmite Boa x Paraná Clube a partir das 20h desta terça-feira (30), com narração de Paulo Sérgio.