A segunda derrota consecutiva na Série B levou o Paraná Clube às contas. Com a minimeta de conquistar sete pontos a cada três partidas frustrada, o técnico Roberto Fonseca analisou a derrota para o modesto Barueri, em casa, por 3 a 1, como atípica.”O time fez o melhor primeiro tempo de todas as partidas dentro de casa. Não é só na vitória, sempre temos que ter os pés no chão, a gente está no caminho certo”, garante o goleiro Zé Carlos, autor do único gol do Paraná na partida da última sexta-feira.

Foi uma noite em que praticamente nada deu certo para o ataque tricolor: com 24 finalizações contra apenas cinco do time paulista, a pontaria não estava calibrada e a torcida chegou a ficar na bronca com Giancarlo, que perdeu um gol inacreditável ainda na etapa inicial. O atacante levou o terceiro amarelo e não entra em campo contra o ABC, no próximo sábado.

Para a vaga de Giancarlo, Fonseca poderá escolher entre Borebi, Ricardinho, que entrou bem na última partida, e Hernane, que já está regularizado e deve ficar à disposição do time. O Paraná joga contra o ABC, neste sábado (13), mas a partida que seria realizada às 21h poderá ter seu horário alterado para as 16h20 a pedido do Tricolor.Nas rodadas que encerram a Série B, o Tricolor enfrenta o Guarani, fora de casa, o Sport, na Vila, e o Bragantino no Estádio Nabi Abi Chedid, no encerramento do primeiro turno da Segundona.