Por João Pedro Alves e Monique Vilela

O técnico Milton Mendes até gostaria, mas não poderá colocar em prática  o velho ditado que diz  que “em time que está ganhando não se mexe”. Ainda assim, o mínimo será alterado daquele Paraná que vem de duas vitórias seguidas no Campeonato Paranaense. Sem o titular Naylhor, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, a única novidade para a partida desta quarta-feira (19) contra o Arapongas, será a entrada de Júnior Lopes na zaga.

“A gente trabalhou desde que chegou aqui com o intuito de jogar. Por opção, o professor optou por outros companheiros. Mas a oportunidade surgiu agora e espero aproveitar da melhor forma possível”, afirmou o novo camisa 4 tricolor.

A promoção de Júnior Lopes é a novidade da partida, mas não se trata de uma novidade propriamente dita. Assim que Naylhor recebeu o terceiro amarelo, o substituto já estava pré-definido. Isso devido ao fato do zagueiro de 26 anos que veio do Nova Iguaçu já ter sido titular em três jogos (Cianorte, Maringá e Coritiba) e ter entrado no decorrer da última partida, contra o Prudentópolis.

O companheiro no sistema defensivo paranista será Brinner, titular desde a temporada passada. Apesar de ser uma dupla nova, o entrosamento não parece preocupar. “Estamos sempre treinando juntos e nos demos muito bem. Os treinos do Milton (Mendes) são diversificados, e acabamos trabalhando com todos os companheiros”, tranquilizou Júnior Lopes.

Assim, o Paraná enfrenta o Arapongas no estádio dos Pássaros, em Arapongas, às 21h50 desta quarta-feira com Marcos; Toty, Brinner, Júnior Lopes e Breno Lopes; Cambará, Ricardo Conceição, Paulinho Oliveira, Lúcio Flávio e Fernando Gabriel; Giancarlo.