A derrota do Nacional por 4 a 1 para o Foz do Iguaçu era exatamente o resultado que o Paraná precisava para garantir o retorno à elite do futebol paranaense com quatro rodadas de antecedência.

Líder do segundo turno da Série Prata, com 15 pontos contra 12 do Foz, o Tricolor só precisa vencer o Grêmio Maringá nesta terça-feira, às 20h30, na Vila Capanema, para conquistar o tão esperado acesso.

Vencendo o duelo de amanhã, a equipe paranista chegaria a 18 pontos e não poderia mais ser alcançada por nenhum adversário, já que quase todos os outros times já fizeram sete partidas e têm apenas mais dois jogos pela frente.

O Foz, hoje vice-líder do segundo turno, tem 12 pontos, e caso vença as duas partidas que lhe restam, poderia atingir os mesmos 18 pontos do Paraná (isso se o Tricolor não ganhasse seus outros três jogos), mas perderia nos critérios de desempate.

Com isso, o Tricolor garante o título dos dois turnos da Divisão de Acesso, conquista o acesso sem precisar disputar a semifinal da competição, e acompanha de longe as outras equipes disputarem a última vaga na Primeira Divisão do Campeonato Paranaense em 2013.