Enquanto a nova diretoria do Paraná não toma posse (a cerimônia será no dia 13 de dezembro), pouca coisa pode ser oficializada com relação ao futuro do Tricolor. Os dirigentes seguem trabalhando para antecipar a data de início da Série Prata do Campeonato Paranaense, que passaria de maio para fevereiro.

Um gerente de futebol remunerado, promessa de campanha da chapa eleita para o próximo biênio, já está sendo contratado, mas o nome deste profissional só será divulgado após o dia 13 de dezembro. O contrato do técnico Guilherme Macuglia já se encerrou, e a nova diretoria terá que decidir se ele permanece – ou não – em 2012 e aí assinar um novo vínculo com o treinador.

Sobre a montagem do elenco, alguns atletas já estão deixando o Tricolor, caso do goleiro Zé Carlos, que assinou com o Oeste de Itápolis, e do atacante Hernane, que foi para o Mogi Mirim. A principal especulação em torno de um jogador paranista envolve o zagueiro Brinner, um dos destaques do clube na Série B deste ano.

Brinner recém renovou contrato com o Tricolor por mais três anos, mas vem chamando a atenção de grandes clubes do futebol brasileiro. De acordo com informações apuradas pela rádio Banda B, além do Vasco, o Grêmio e o Botafogo tem interesse na contratação do jogador. A diretoria paranista deve analisar as propostas que chegarem e definir se empresta ou vende o atleta para alguma dessas equipes. Mas nada deve ser decidido antes da posse do presidente Rubens Bohlen.