Expulso na segunda rodada da Série B, no empate em 1 a 1 contra a Portuguesa, o meia Thiago Santos foi julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e absolvido por unanimidade de votos. Ele havia sido denunciado no artigo 250 Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê ato hostil.

“Entendemos que foi um bom resultado, já que apesar da advertência, o atleta está à disposição da comissão técnica do Paraná Clube e liberado para atuar”, disse o advogado do Tricolor, Itamar Côrtes. Thiago Santos já cumpriu a automática diante do Americana e está liberado para atuar na Série B.

O Paraná volta a campo amanhã, quando enfrenta o Salgueiro, às 21h, na Vila Capanema, na estreia do técnico Roberto Fonseca.