Com a suspensão de Luís Carlos, a meta paranista deve ser defendida por Thiago Rodrigues nesta quarta-feira (25), quando o Paraná entra em campo para enfrentar o Palmeiras, pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Divulgação – Paraná
Thiago Rodrigues valoriza o trabalho dos goleiros da base

O goleiro chegou a ser titular em 2010 e 2011, mas iniciou o ano apenas como opção. Agora, ele espera dar segurança ao Tricolor. “É bom voltar a atuar, sentir o clima do jogo. Porém, será uma missão difícil. Por isso, espero fazer uma boa apresentação e ajudar a equipe”, afirma.

Nos últimos anos, a comissão técnica paranista tem apostado em goleiros vindos da base. Uma das consequências observadas é o bom relacionamento entre os companheiros de posição. “O Luís Carlos vem sendo um ponto de segurança do time e está em um ótimo momento. Fico feliz em ver um colega de posição dando alegrias ao torcedor, ainda mais porque ele, assim como eu, veio das categorias de base”, diz.

Segundo Renato Secco, preparador de goleiros da equipe, a troca na meta paranista não preocupa. “Estamos bem servidos, sendo que possuímos só atletas da nossa base. Isso é algo muito bom, afinal, o clube mostra a sua força no trabalho de formação. Os resultados são fruto da dedidação de todos”, fala.