O goleiro do Paraná, Thiago Rodrigues, titular no jogo que garantiu o título da Série Prata, na noite de terça-feira (03), garantiu que a conquista tirou um peso das costas do grupo.

Remanescente do elenco de 2011, Thiago Rodrigues, após defender um pênalti, acabou falhando no gol que culminou o descenso do Tricolor, porém, ele deu a volta por cima. “Para mim, essa conquista representa algo especial. Sofri muito com a queda em 2011, assim como todos os torcedores. Porém, caímos e subimos no campo, na dedicação. O Paraná é muito grande, e merece sempre ter o seu espaço entre os principais clubes do estado e do Brasil”, disse ele.

Reserva de Luís Carlos, Thiago revelou que pediu ao técnico Ricardinho para entrar em campo, já que estava em dívida com a torcida pelo que aconteceu no passado. “Pedi para jogar. Quero sempre jogar. Graças ao Ricardinho, que me entendeu bem, tive a oportunidade e ainda a responsabilidade de ser o capitão e segurar o troféu. Isso teve um significado muito grande para mim”, garantiu.

Com a Série Prata praticamente finalizada (o Paraná foi campeão com três rodadas de antecedência e terá de cumprir tabela), o elenco pode pensar na Série B do Brasileirão. “Temos que buscar também o acesso no Brasileiro. O título e a campanha no Paranaense são coisas que nos fazem refletir, nos motivam, e fazem a gente ter certeza de que todo esforço é recompensado”, finalizou.